Se “tá” ruim assim, imagina sem a Lava-Jato

Agora tente imaginar se Deltan Dallagnol e Sergio Moro tivessem desistido de investigar quando perceberam quem estava envolvido…

Imaginem se eles não tivessem conversado e “segurado” a Lava Jato quando os poderosos estavam tentando derrubar.

Deltan e Moro continuariam em seus cargos bem pagos e nós, brasileiros, estaríamos no livre comércio entre Cuba, Venezuela e outros países falidos que estavam sobrevivendo com nossos impostos.

Faríamos parte de um bloco miserável e “perseguido” pelos Eua e Israel e possivelmente a religião já teria sido tão rebaixada que poucos de nós ainda acreditariam em Deus, ou frequentariam igrejas.

A maconha e o aborto já seriam garantidos por lei e a polícia militar já andariam nas ruas desarmada fazendo o papel de “Polícia Social”.

A escalada do crime seria vista como resultado das guerras do tráfico e do aumento do desemprego, por culpa dos mega-empresários que preferiram abandonar o país porque não gostavam de ver “pobre andando de avião”.

Todos os anos teríamos milhares de vagas para cargos públicos e uma imensa maioria dependeria do governo; nem precisaria institucionalizar o socialismo, poucos estariam na iniciativa privada.

As grandes empresas que sobreviveram teriam intervenção do governo que receberiam parte do lucro tipo JBS, ODEBRECHT e Cia.

A desculpa para as falências das pequenas empresas seria “a crise mundial”.

Quanto mais desempregados, mais dependentes do socialismo forçado em forma de bolsas e benefícios que manteriam o povo apenas alimentado.

A facilidade para entrar nas universidades federais seria ainda maior e teríamos legiões de idiotas diplomados em todas as áreas – não apenas nas humanas – logo teríamos meninos mimados, chorando ao ter que fazer cálculos para construir um prédio ou operar um doente.

Lula, Dilma, Palocci, José Dirceu, José Genoino, Gleisi Hoffmann, Fernando Haddad, Vanessa Graziottin, Lindebergh Farias, Jean Wyllys, etc… seriam nossos líderes e nenhum de nós estaria aqui falando de política!

Estaríamos compartilhando assuntos sobre novela, BBB, receitas, moda, futebol e maquiagem, se é que a internet ainda fosse livre, claro… Já imaginou?

Aí vem o esquerdista e chama o povo da direita de gado e retrógrados, mas é ele quem daria um dedo para que esse quadro do inferno que eu pintei aí em cima, fosse real.

Então me pergunto… Quantos outros juízes e procuradores já haviam tentando fazer algo e desistiram ao perceber contra quem estariam lutando? Quantos já tentaram e nós nem ficamos sabendo…

Já Conhece o Meu Clube Conservador?

Assine o Kit Virtual do Meu Clube Conservador por apenas R$ 29 mensais e tenha acesso a cursos online com emissão de certificado, eBooks e palestras.

As posições expressas em artigos por nossos colunistas, revelam, a priori, as suas próprias crenças e opiniões; e não necessariamente as opiniões e crenças do Burke Instituto Conservador. Para conhecer as nossas opiniões se atente aos editoriais e vídeos institucionais

Raquel Brugnera

Raquel Brugnera

Escritora e articulista política, pedagoga, pós-graduando em Estratégia Política e Marketing Eleitoral.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Comentários

Relacionados